Procon Móvel

Unidade-M-¦vel-do-Procon_RafaelPassos-3-300x218

O Procon-JPmóvel atende nesta quinta-feira, dia 9 de fevereiro, os consumidores do bairro Valentina de Figueiredo, com o microônibus ficando estacionado na Praça Soares Madruga, ao lado da Igreja Católica, das 8h às 13h. O serviço de atendimento itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor visitou, no início deste mês, a comunidade Glauce Burity.

Os consumidores que pretendem atendimento através do serviço itinerante devem levar originais e cópias da documentação pessoal (CPF, Identidade e comprovante de residência) e do contrato do bem ou da prestação do serviço a ser questionado. “Salientamos que o serviço itinerante presta toda a assistência ao consumidor, inclusive com abertura de reclamação, que gera o processo administrativo”, alerta Ricardo Holanda, titular do Procon-JP.

O secretário adianta que o Procon-JPmóvel faz o mesmo procedimento realizado na sede da Secretaria e no posto instalado no Ministério Público Estadual, abrindo reclamações, esclarecendo dúvidas e orientando as pessoas sobre as leis e direitos na relação de consumo. “O serviço também atende solicitações das associações de bairro e das Secretarias do município de João Pessoa”, diz Holanda.

Adaptação – O microônibus que realiza o atendimento ao consumidor nos bairros foi todo adaptado para assistir as pessoas portadoras de deficiência física. “O veículo é equipado com duas salas de audiências climatizadas, cozinha, banheiro, armários, e total acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida”, informou o secretário do Procon-JP.

Atendimento do Procon-JPmóvel em fevereiro de 2017

 

dia 09, das 08h às 13h –Valentina Figueiredo (Praça Soares Madruga – ao lado da Igreja Católica)

dia 16, das 08h às 13 –Esplanada (por trás do PSF)

dia 23, das 08h às 13 –Conjunto Costa e Silva (Praça Dona Nalva)

 



Unidade-M-¦vel-do-Procon_RafaelPassos-3-300x218

O serviço de atendimento itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, Procon-JPmóvel, volta nessa quinta-feira, 26 de janeiro de 2016,  ao local em onde realizou a primeira visita: praça Orlando Geisel, no bairro Ernesto Geisel, das 8h às 13h. No calendário do mês de fevereiro também estão as primeiras localidades visitadas pelo serviço no ano passado.

O Procon-JPmóvel, que realizou o primeiro atendimento no dia 26 de janeiro de 2016, volta a atender aos consumidores no seu próprio bairro todas as manhãs das quintas-feiras, abrindo reclamações, dirimindo dúvidas e orientando as pessoas sobre as leis vigentes e seus direitos na relação consumerista. O serviço também atenderá solicitações das associações de bairro e das Secretarias do município de João Pessoa.

Juventude – Além dos bairros que constam no calendário normal da Secretaria, o Procon-JPmóvel vai atender, extraordinariamente, nessa sexta-feira, 27, das 15h às 17h, a solicitação da Secretaria Municipal de Esportes, que realiza o evento Juventude em Ação, com atividades voltadas para os jovens e adolescentes de João Pessoa. “Avisamos aos interessados em receber o Procon-JPmóvel que agendem com antecedência devido ao calendário formal elaborado pela Secretaria”, alerta Ricardo Holanda, titular do Procon-JP.

Equipado – O veículo é equipado com duas salas de audiências climatizadas, cozinha, banheiro, armários, e total acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, além de gerador próprio. O atendimento realizado no Procon-JPmóvel estará ligado ao Sistema Nacional de Informações e Defesa do Consumidor (Sindec), como ocorre na sede da Secretaria.

Adaptação – O microônibus passou por adaptações técnicas para contemplar as pessoas com deficiência físicas, a exemplo de um elevador. “Queremos que todos tenham acesso aos serviços prestados pelo Procon-JP, tanto que o espaço do veículo foi pensado também para a pessoa que precisa usar cadeira de rodas ou qualquer outro equipamento que o ajude a se locomover.”, disse o titular do Procon-JP, Ricardo Holanda.

Para ele, o objetivo do Procon-JPmóvel está sendo alcançado, ou seja, ir ao encontro do consumidor em seu próprio bairro. “A assistência itinerante alcança aquelas pessoas que não têm condições de ir até à sede do Procon-JP. Mas adianto aos consumidores que a sede e os postos de atendimento continuam a funcionar normalmente, informou Ricardo Holanda ”.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel em 2017

 

Janeiro:

dia 26, das 08h às 13h – Ernesto Geisel (Praça Orlando Geisel)

dia 27, das 15h às 17 –Rangel (Praça da Amizade)

Fevereiro

dia 02, das 08h às 13h – Glauce Burity (em frente à farmácia Michele)

dia 09, das 08h às 13h –Valentina Figueiredo (Praça da Igreja Católica)

dia 16, das 08h às 13 –Esplanada (por trás do PSF)

dia 23, das 08h às 13 –Conjunto Costa e Silva (Praça Dona Nalva)

 



braille

Evanice Gomes

Existem leis municipais que estão em pleno vigor, mas as pessoas diretamente beneficiadas não sabem sequer de sua existência. É o caso das leis municipais dirigidas ao consumidor portador de deficiência visual, a exemplo da 12.728/2013 (que obriga hotéis e similares a colocarem fichas, normas e avisos também no método de leitura Braile) e a 12.692/2013 (que assegura que as informações das faturas das contas de água, luz e telefonia) também devem vir em Braile).

Divulgar essas leis faz parte da série de campanhas educativas promovidas pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) para 2017, com o objetivo de divulgar a legislação que norteia as várias nuances da relação consumerista na Capital. “Desta vez estamos chamando a atenção do consumidor pessoense  portador de deficiência visual”, informa Ricardo Holanda, secretário do Procon-JP.

De acordo com Ricardo Holanda, a primeira etapa desta campanha será educativa, informando aos interessados sobre os termos das duas leis. “A lei 12.728/2013, que está em vigor desde dezembro de 2013, não é de difícil aplicação. Basta a administração do estabelecimento transformar o texto padrão que informa sobre os serviços disponíveis para o método Braile de leitura. Para o deficiente visual é uma ótima medida porque não precisará recorrer a terceiros para receber as informações”.

Hotéis – Sancionada pelo prefeito Luciano Cartaxo em dezembro de 2013, a lei 12.728/2013 dispõe sobre a obrigação dos hotéis e similares de colocarem à disposição dos hóspedes portadores de deficiências visuais, a ficha de entrada, as normas do estabelecimento e os demais serviços existentes, também no método de leitura braile.

Faturas – A lei 12.692/2013 também traz benefícios para o consumidor deficiente visual. Segundo essa legislação, está assegurado o direito às pessoas com deficiência visual, com residência fixa  em João Pessoa, de receber, sem custo adicional, as contas de água, energia elétrica e telefonia, acompanhadas de demonstrativos de consumo no método Braile.

O titular do Procon-JP alerta que, no caso da lei 12.692/2013, para receber o boleto de água, luz e telefonia em Braile, o consumidor deverá efetuar a solicitação à empresa prestadora do serviço, onde será feito o seu cadastramento. “O consumidor deverá se identificar como portador de deficiência visual e requerer a fatura em Braile. Esse serviço facilita a vida desse consumidor porque dá mais segurança já que a fatura virá na forma em que ele possa identificar”, disse Ricardo Holanda.

Postos de atendimento do Procon-JP:

Sede – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 14h na sede situada na Avenida D. Pedro I, nº 473, Tambiá

Telefones: segunda-feira a sexta-feira das 8h às 14h: 0800 083 2015, 2314-3040, 3214-3042, 3214-3046

MP-Procon – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 17h na sede situada no Parque Solon de Lucena, Lagoa, nº 300, Centro

Procon-JP no CAT segunda-feira a sexta-feira: 8h às 17h na sede do Centro de Atendimento ao Turista, na Praia de Tambaú (em frente ao Mercado de Peixe)

Procon-JPmóvel – Atendimento itinerante nos bairros através de agendamento realizado pelas associações de bairro, entidade civis e secretarias do município de João Pessoa



Unidade-M-¦vel-do-Procon_RafaelPassos-3-300x218

Evanice Gomes

O Serviço de atendimento ao Consumidor (SAC) da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) fechou 2016 com mais de 7,7 mil atendimentos, além de ter visitado 29 bairros da Capital, através do Procon-JPmóvel, serviço itinerante que alcança o cidadão onde ele estiver.

O consumidor pessoense não dispõe apenas da assistência do Procon-JP apenas na sede da Avenida Pedro I, nº 473, ou do Procon-JPmóvel. A Secretaria também disponibiliza atendimento nos postos que foram abertos em 2016 e que estão em pleno funcionamento: o da sede do Ministério Público da Paraíba, no Parque da Lagoa Solon de Lucena, que realizou 1.904 atendimentos; e o do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Tambaú, inaugurado no início de dezembro do ano passado.

O Procon-JP, que fiscaliza a relação de consumo consumidor/fornecedor de bens e serviços na cidade de João Pessoa, é o responsável pela Política Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, orientando, educando, protegendo e defendendo os consumidores contra os abusos que porventura venham a ocorrer.

Fiscalização – O setor de Fiscalização realizou mais de 1.300 ações no decorrer de 2016, entre operações, campanhas de esclarecimentos e diligências. Segundo o secretário Marcos Santos, esse setor é quem “nos representa na rua, inspecionando in loco a relação consumerista junto ao fornecedor de bens e serviços. No ano passado expedimos mais de 220 autos de infrações e mais de 240 notificações”.

Marcos Santos chama a atenção para as operações realizadas em 2016. “Autuamos e apreendemos alimentos e interditamos dois grandes supermercados da Capital por questões de saúde e segurança alimentar. Vários outros estabelecimentos de menor porte tiveram mercadorias apreendidas também pelo mesmo problema, mas, como ocorreu em menor escala, não houve necessidade de fechar o local”.

 Pesquisa – Quanto às pesquisas de preços, o Procon-JP realizou 77 levantamentos de preços, acompanhando e monitorando comparativamente valores de alguns produtos para evitar abusos, a exemplo dos combustíveis, pão francês, hortifrutigranjeiros e carnes. Foram realizadas pesquisas de preços para vários produtos considerando a demanda das datas comemorativas, a exemplo do Carnaval, São João, Dias das Mães, dos Pais, das Crianças e festas de final de ano.

Estágio –  A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) fechou o ano de 2016 com o processo de seleção para preenchimentos de 15 vagas para estágio remunerado e formação de cadastro nas áreas do Direito (8 vagas), administração (4 vagas), Arquivologia (2 vagas) e  Estatística (1 vaga) com validade já para 2017. O resultado do concurso deve sair ainda neste mês de janeiro.

Mais de 3,3 mil-  O Convênio entre o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) e a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) homologou 2.380 acordos oriundos de reclamações abertas no Procon-JP em 2016. O juiz Antônio Carneiro de Paiva Junior, titular da 4ª Vara da Fazenda Pública da Capital, homologou, em 18 meses de convênio, 3.364 processos. Esse convênio participou do Prêmio Inovare, que reconhece projetos de alcance social em todo Pais.

Virtual – O site do Procon-JP está no ar desde o início do ano passado e é mais uma ferramenta de atendimento ao consumidor. Através do proconjp.pb.gov.br o usuário tem acesso a processos administrativos, pauta de audiências, pesquisas, legislação, além de dirimir dúvidas e receber orientações em tempo real. O site do Procon-JP também traz notícias e mantém o consumidor informado sobre as atividades que ocorrem cotidianamente no órgão desde dezembro de 2015.

Postos de atendimento do Procon-JP:

Sede – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 14h na sede situada na Avenida D. Pedro I, nº 473, Tambiá

Telefones: segunda-feira a sexta-feira das 8h às 14h: 0800 083 2015, 2314-3040, 3214-3042, 3214-3046

MP-Procon – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 17h na sede situada no Parque Solon de Lucena, Lagoa, nº 300, Centro

Procon-JP no CAT segunda-feira a sexta-feira: 8h às 17h na sede do Centro de Atendimento ao Turista, na Praia de Tambaú (em frente ao Mercado de Peixe)

Procon-JPmóvel – Atendimento itinerante nos bairros através de agendamento realizado pelas associações de bairro, entidade civis e secretarias do município de João Pessoa



12573717_10208959790936567_1003894958632987722_ndd
Evanice Gomes

Os consumidores do bairro do Bessa serão os primeiros a receber o serviço itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) neste mês de dezembro, com o atendimento móvel dando orientação e acolhendo reclamações dos moradores na Praça do Caju nesta quinta-feira (1º), das 8h às 13h. Os interessados devem levar originais e cópias da identidade, CPF, comprovante de residência e a nota fiscal ou o contrato referente à queixa formulada.

No calendário do Procon-JPmóvel para dezembro consta, ainda, a visita ao bairro Ernesto Geisel. As duas comunidades receberão o serviço itinerante duas vezes. “Vamos realizar duas visitas ao mesmo bairro este mês, com a primeira sendo mais um chamamento à população para o atendimento disponibilizado no ônibus. Além de orientações sobre a relação consumerista, nós também abrimos processo administrativo quando a reclamação é procedente”, informou o secretário Marcos Santos, do Procon-JP.

O Serviço de Atendimento ao Consumidor do Procon-JP tem agora três postos para dar assistência ao cidadão, além do Procon-JPmóvel: na sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, número 473, das 8h às 14h; na sede do Ministério Público do Estado, no Parque Solon de Lucena (Lagoa), 300, das 8h às 17h; e no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Tambaú, das 8h às 18h.

Agilidade – Marcos Santos salienta que a assistência prestada ao cidadão no serviço itinerante é a mesma verificada nos procedimentos utilizados na sede da Secretaria e nos postos de atendimento. “Nosso sistema de internet, o Sindec, nos permite assistir ao consumidor em qualquer ponto da Capital com a mesma agilidade”.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

Dezembro – das 09h às 13h

Dia 01 – Praça do Caju – Bessa

Dia 06 – Praça do Caju – Bessa

Dia 13 – Praça do Geisel – Geisel (próximo ao Super Box Brasil)

Dia 15 – Praça do Geisel – Geisel (próximo ao Super Box Brasil)



movel

Evanice Gomes

O atendimento itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) inicia o calendário de novembro atendendo aos consumidores do bairro do Alto do Mateus, na Praça da Mangueira, nesta sexta-feira, 04, das 9h às 13h. As outras localidades contempladas este mês serão o Centro e o Bessa.

Marcos Santos, secretário do Procon-JP, salienta que, extraordinariamente, o atendimento do Procon-JPmóvel ocorrerá nas sextas-feiras em novembro devido ao calendário de conciliação entre os pais em atraso com a mensalidade e as escolas da rede privada de ensino. “Como vamos nos reunir com os pais inadimplentes da rede privada às sextas-feiras, vamos aproveitar e colocar nosso ônibus em frente ao Sindicatos das Escolas da rede Particular, na avenida General Osório, para atendermos também quem passar pelo local”.

Quem procurar o Procon-JPmóvel deve levar originais e cópias da identidade, CPF, comprovante de residência e a nota fiscal ou o contrato referente à reclamação. O atendimento na sede da Secretaria, na D. Pedro I, 473, continua funcionando normalmente, das 8h às 14h, assim como o posto de atendimento na sede do Ministério Público do Estado, no Parque Solon e Lucena (Lagoa), 300, das 8h às 17h.

 

Mais uma opção

O secretário considera que o atendimento realizado no Procon-JPmóvel é mais uma opção que o consumidor tem para tirar suas dúvidas, receber orientação e abrir uma reclamação. “A vantagem é que ele pode receber o atendimento na própria localidade onde mora ou trabalha. É o Procon-JP indo ao encontro do cidadão”, afirmou Marcos Santos.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

novembro – das 09h às 13h

 

Dia 04 – Alto do Mateus (Praça da Mangueira)

Dia 08 – Avenida Walfredo Leal (em frente à FPB)

 

Dia 11 – Avenida General Osório (em frente ao Sindicato das Escolas Particulares)

 

Dia 18 – Avenida General Osório (em frente ao Sindicato das Escolas Particulares)

Dia 24 – Avenida General Osório (em frente à Sindicato das Escolas Particulares)

Dia 25 – Avenida General Osório (em frente ao Sindicato das Escolas Particulares)

Dia 29 – Bessa (Praça do Caju)

 



móvel1

Evanice Gomes

Os consumidores da Praia da Penha serão contemplados nesta terça-feira, 18 de outubro de 2016, com a visita do serviço itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP). O atendimento móvel receberá os interessados das 9h às 13h, que devem levar originais e cópias da identidade, CPF, comprovante de residência e a nota fiscal ou o contrato referente à reclamação.

O Procon-JPmóvel, que esteve em atendimento no Parque Solon de Lucena (Lagoa) no último dia 10, vai visitar mais duas comunidades ainda em outubro, indo ao mesmo local duas vezes. “Visitaremos os bairros  da Praia da Penha nestas terça e quinta-feiras e, na próxima semana, vamos até aos consumidores de Mangabeira I”, informou o secretário Marcos Santos, do Procon-JP.

Ele informa que o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) na sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, número 473, continua recebendo as reclamações dos cidadãos normalmente, das 8h às 14h, bem como o posto de atendimento da Secretaria na sede do Ministério Público do Estado, no Parque Solon e Lucena (Lagoa), 300, das 8h às 17h.

“Salientamos que o atendimento no Procon-JPmóvel é mais uma opção para o consumidor, com a vantagem de que ele atende no próprio bairro, indo até onde o cidadão está. Além da abertura da reclamação, também orientamos sobre a legislação e os direitos inerentes à boa relação consumerista ”, afirmou Marcos Santos.

O titular do Procon-JP chama a atenção do consumidor para a documentação exigida para a abertura direta de reclamação: “São  necessários originais e cópias da carteira de identidade e CPF, comprovante de residência e nota fiscal ou contrato referentes à queixas formulada. Quem for ao serviço móvel deve seguir o mesmo procedimento do utilizado no SAC da Secretaria ou do posto instalado no Ministério Público Estadual”.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

outubro – das 09h às 13h

 

Dia 18 – Praia da Penha (próximo à igreja católica)

Dia 20 – Praia da Penha (próximo à igreja católica)

 

Dia 25 – Mangabeira I (lateral do Mercado Público)

 

Dia 27 – Mangabeira I (lateral do Mercado Público)



movel

Evanice Gomes

O Parque Solon de Lucena (Lagoa) recebe novamente nesta quinta feira, 1º de setembro, o serviço itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor, abrindo o calendário de atendimento do Procon-JPmóvel para este mês. O veículo ficará estacionado próximo ao antigo prédio da Loja Esplanada, das 9h às 13h.

O ProconJPmóvel vai percorrer cinco localidades da Capital neste mês de setembro: Centro (Lagoa), Mangabeira I, Comunidade São Rafael, Conjunto Anaide Beiriz (dois dias cada uma) e Ladeira do Cuiá/Geisel (atendimento extraordinário no sabádo, dia 17, solicitação da Associação dos Pastores de João Pessoa).

O secretário Marcos Santos, do Procon-JP, explica que algumas localidades necessitam de atendimento duplo, como é o caso da Lagoa. “Fomos na última terça-feira, dia 30 de agosto, ao Parque Solon de Lucena de Lucena e estamos retornando ao mesmo local neste dia primeiro de setembro. Primeiro nós orientamos sobre a relação consumerista e documentação exigida para abrir uma reclamação e, na visita seguinte, já abrimos um processo administrativo, uma vez que o veículo é equipado com internet, nos permitindo acessar o Sindec, programa usado pelos Procons de todo País. Este mês visitaremos duplamente três comunidades”.

SAC na sede

O secretário informa que o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) na sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, número 473, continua funcionando normalmente e que o Procon-JPmóvel é mais uma opção para o consumidor depositar suas queixas. “É importante lembrar que para abrir uma reclamação são necessários originais e cópias do CPF, Registro Geral (identidade), comprovante de residência e nota fiscal do contrato do bem ou serviço reclamado”, orientou Marcos Santos.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

setembro – das 09h às 13h

 

Dia 01 – Parque Solon de Lucena (próximo ao antigo prédio das Lojas Esplanadas))

Dia 06 – Mangabeira I (próximo ao Trauminha)

 

Dia 08 – Mangabeira I (próximo ao Trauminha)

 

Dia 13 – Comunidade São Rafael (próximo à Radio Tabajara)

 

Dia 15 – Comunidade São Rafael (próximo à Radio Tabajara)

Dia 17 –  Ladeira Cuiá (Associação dos Pastores de João Pessoa – próximo à lombada do lado esquerdo)

Dia 20 – Conjunto Anaide Beiriz (Bairro das Indústrias)

Dia 22 – Conjunto Anaide Beiriz (Bairro das Indústrias)



12573717_10208959790936567_1003894958632987722_ndd

Evanice Gomes

O Procon-JPmóvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor atende nestas terça-feira, 30 de agosto, e quinta-feira, 1º de setembro, no Parque Solon de Lucena (Lagoa) das 8h às 13h. Este mês, moradores de sete bairros da Capital receberam o serviço itinerante da Secretaria.

As comunidades de João Pessoa visitadas neste mês de agosto foram: Saturnino de Brito, Cristo Redentor, Bancários e Gramame (duas vezes), Cuiá, Rua da Areia e Lagoa. “O serviço móvel do Procon-JP, extraordinariamente, realizou atendimento no dia 6 de agosto, um sábado, na feira de serviços realizada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa à população do bairro do Cuiá,  mas nosso atendimento normal sempre se realiza às terças e quintas-feiras”, disse Marcos Santos, secretário do Procon-JP.

O titular do Procon-JP informa que o agendamento do atendimento móvel nas comunidades continua aberto na sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, número 473, no Centro de João Pessoa, para as associações de bairro que desejam receber o serviço. “Também agendamos as entidades civis e educacionais e as secretarias do município de João Pessoa que desejarem utilizar o serviço itinerante”.

Orientação

O serviço itinerante do Procon-JP, além de abrir processos administrativos, também presta esclarecimento e orientação sobre os direitos do consumidor. Marcos Santos salienta que um dos objetivos do Procon-JPmóvel é também realizar trabalho educativo ao cidadão, levando informações sobre a relação consumerista onde ele estiver.

 

 

Documentação para abrir reclamação (originais e cópias)

– CPF

– identidade

– comprovante de residência

– nota fiscal e contratos do bem ou serviço reclamado

 



movel

Evanice Gomes

O Procon-JPmóvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) atenderá consumidores de sete bairros no mês de agosto. A visita, que ocorrerá sempre pela manhã, das 09h às 13h, às terças e quintas-feiras, será feita em dose dupla em quatro comunidades: Saturnino de Brito, Cristo Redentor, Bancários e Gramame.

Extraordinariamente, o serviço móvel do Procon-JP vai atender neste sábado, dia 06, dentro de uma feira de serviços oferecida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa à população do bairro do Cuiá, próximo à Igreja Evangélica Betel. O primeiro bairro a ser contemplado este mês será a Comunidade Saturnino de Brito, ao lado do Cemitério Senhor da Boa Sentença, nesta terça-feira, dia 2.

O agendamento do atendimento itinerante continua aberto na sede do Procon-JP, na avenida D. Pedro I, número 473, no Centro da Capital, para as associações de bairro que desejam receber o serviço, assim como das entidades civis e educacionais e das secretarias do município de João Pessoa.

O secretário-adjunto do Procon-JP, Ricardo Holanda, salienta que, mesmo com o calendário fechado para o mês de agosto, quem desejar a visita do Procon-JPmóvel deve procurar a Secretaria e tentar encaixar uma data. “As associações, entidades civis ou secretarias municipais podem vir à nossa sede porque podemos fazer uma adequação na agenda caso haja algum evento com data marcada e que justifique a presença do nosso serviço móvel”.

Documentação

O serviço itinerante recebe denúncias e presta orientação aos cidadãos sobre os direitos do consumidor, atendendo das 8h às 13h.  O interessado em abrir uma reclamação através do Procon-JPmóvel deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

Orientação

Ricardo Holanda acrescenta que, além do atendimento para receber as reclamações do cidadão, o Procon-JPmóvel também vai prestar serviço de esclarecimento e orientação sobre os direitos do consumidor. “Além de abrirmos processos administrativos para as reclamações, também orientamos e prestamos informações sobre os direitos do consumidor. Nossa intenção é levar o Procon-JP até ao consumidor”, disse.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Agosto – das 09h às 13h

 

Dia 02 – Comunidade Saturnino de Brito (ao lado do cemitério Senhor da Boa Sentença)

Dia 04 – Comunidade Saturnino de Brito (ao lado do cemitério Senhor da Boa Sentença)

 

Dia 06 – Comunidade do Cuiá (próximo à Igreja Evangélica Betel)

 

Dia 09 – Cristo Redentor (em frente ao supermercado Menor Preço)

 

Dia 11 – Cristo Redentor (em frente ao supermercado Menor Preço)

Dia 16 – Bancários (Praça da Paz – avenida principal)

Dia 18 – Bancários (Praça da Paz – avenida principal)

Dia 20 – Rua da Areia (em frente à Loja Maçônica Grande Oriente)

Dia 23 – Gramame (em frente à Igreja Católica)

Dia 25 – Gramame (em frente à Igreja Católica)

Dia 30 – Parque Solon de Lucena – Lagoa (anel interno)

 



 

12573717_10208959790936567_1003894958632987722_ndd

Evanice Gomes

O serviço móvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) visita duas vezes o bairro de Mandacaru esta semana. O veiculo vai atender na rua Mascarenhas de Morais (ao lado do mercado público do Bairro dos Estados), nos dias 26 e 28 de julho, das 9h às 13h.

O serviço itinerante recebe denúncias e presta orientação aos cidadãos sobre os direitos do consumidor, atendendo das 8h às 13h.  O interessado em abrir uma reclamação através do Procon-JPmóvel deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

De acordo com o secretário do Procon-JP, Marcos Santos, o calendário de visitação do Procon-JPmóvel é baseado na parceria com as associações de moradores e através da solicitação das entidades civis e educacionais, além das secretarias do município de João Pessoa.

“Também é preciso lembrar que, além do nosso serviço itinerante, continuamos a atender normalmente na sede da Secretaria, na avenida Pedro I, 473, das 8h às 14h, e no posto de atendimento instalado no Ministério Público da Paraíba, nos dois expedientes”, disse o titular do Procon-JP, acrescentando que o posto de atendimento no MPPB abre processos administrativos e esclarece a população sobre os direitos do consumidor.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Julho – das 09h às 13h

 

Dia 26 – Mandacaru (Rua Mascarenhas de Morais – próximo ao mercado público do Bairro dos Estados)

 

Dia 28 – Mandacaru (Rua Mascarenhas de Morais – próximo ao mercado público do Bairro dos Estados)

 



brasil-mostra-brasil1

Evanice Gomes

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) vai instalar Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) na multifeira Brasil Mostra Brasil, que se realiza entre os dias 22 e 31 de julho de 2016, no Centro de Convenções de João Pessoa. Além de equipe do setor de fiscalização, consultores jurídicos também estarão a postos dando orientações e informações sobre os direitos do consumidor.

O Procon-JP ocupa um stand dentro da multifeira com internet ligada ao Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (Sindec) para o procedimento de abertura direta de reclamação, ao mesmo tempo em que equipes da consultoria jurídica e da fiscalização farão trabalho educativo/preventivo junto ao consumidor e fornecedor de bens e serviços.

Marcos Santos, secretário do Procon-JP,  disse que “além do funcionamento do SAC, vamos garantir que a relação de consumo esteja dentro do que prevê a legislação durante toda a multifeira através do trabalho de orientação educativa”. Ele acrescenta que os advogados e agentes fiscais da Secretaria trabalharão em regime de revezamento, com o atendimento na sede da Secretaria, na avenida Pedro I, n° 473, no Centro da Capital, funcionando normalmente.

Novidade

O secretário adianta que o atendimento no SAC é uma novidade este ano na multifeira. “Nos anos anteriores nós trabalhávamos com a orientação e divulgação do Código de Defesa do Consumidor, encaminhando os casos de reclamação para a sede do Procon-JP. Este ano vamos abrir processos administrativos caso haja necessidade. Nosso principal objetivo é alcançar o consumidor onde ele estiver”, esclareceu Marcos Santos.

 

Os dois lados

Outro objetivo da disponibilização do atendimento para o público consumidor que visita a multifeira, onde ocorre um grande volume de transações comerciais, é informar os direitos previstos no Código de Defesa do Consumidor (CDC). “A presença do Procon-JP na multifeira dará mais segurança ao cidadão que frequentar o local, além do trabalho educativo e preventivo para todos os envolvidos nessa relação consumerista”.

Pontos de atendimento do Procon-JP

SAC – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 14h na sede situada na Avenida D. Pedro I, nº 473, Tambiá

MP-Procon – segunda-feira a sexta-feira: 8h às 17h na sede situada no Parque Solon de Lucena, Lagoa, nº 300, Centro

Procon-JPmóvel – terças, quartas e quintas-feiras, das 13h às 17h em pré-agendamento nos bairros de João Pessoa

Site – proconjp.pb.gov.br

Telefones: segunda-feira a sexta-feira das 8h às 14h: 0800 083 2015, 2314-3040, 3214-3042, 3214-3046

 



12573717_10208959790936567_1003894958632987722_ndd

Evanice Gomes

O serviço móvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) visita dois pontos no bairro do Cristo Redentor esta semana: próximo ao Colégio José Lins do Rego (dia 21) e do Instituto de Medicina Legal – IML (dia 22) . O serviço itinerante recebe denúncias e presta orientação aos cidadãos sobre os direitos do consumidor, atendendo das 8h às 13h.

O interessado em abrir uma reclamação através do Procon-JPmóvel deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

De acordo com o secretário do Procon-JP, Marcos Santos, o calendário de visitação do Procon-JPmóvel é baseado na parceria com as associações de moradores e através da solicitação das entidades civis e educacionais, além das secretarias do município de João Pessoa.

“Também gostamos de lembrar que, além do nosso serviço itinerante, continuamos a atender normalmente na sede da Secretaria, na avenida Pedro I, 473, das 8h às 14h, e no posto de atendimento instalado no Ministério Público da Paraíba, nos dois expedientes”, disse o titular do Procon-JP, acrescentando que o posto de atendimento no MPPB abre processos administrativos e esclarece a população sobre os direitos do consumidor.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Junho – das 09h às 13h

 

Dia 21 – Cristo Redentor (próximo ao Colégio José Lins do Rego)

 

Dia 22 – Cristo Redentor (próximo ao IML)

 

Dia 28 – Geisel (praça, em frente ao supermercado Superbox)

 

Dia 29 – Costa e Silva (trevo da entrada do bairro)

 

Dia 30 – Grotão (próximo à farmácia Michele)

 



movel

Evanice Gomes

A Praça do Coqueiral, em Mangabeira, recebe nesta terça-feira o projeto educativo da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) que disponibiliza acesso gratuito à internet nesses espaços públicos. O Procon-JPmóvel também atenderá ao consumidor no mesmo local, das 8h às 13h.

O projeto Internet nas Praças foi implantado em abril deste ano na Praça Orlando Geisel, no bairro do Geisel. “O Procon-JP deve estender o serviço, até o final de 2016, para sete praças de João Pessoa: Geisel, Mangabeira, Bancários, Radialistas, Funcionários II, Castelo Branco e Bessa”, informou o secretário do Procon-JP, Marcos Santos,

O Internet nas Praças é um projeto educativo que vai orientar as pessoas através de dicas de forma bem acessível. “Nossa pretensão é ampliar o contato com o cidadão, divulgando os seus direitos. As informações e orientações rápidas sobre a legislação consumerista são muito eficazes para atingir o consumidor. Quando a pessoa acessar a internet na praça, essas dicas virão automaticamente”, disse o secretário.

Para acessar a primeira vez a internet gratuita na praça do Coqueiral basta conectar o aparelho (smartfone, iphone ou micros) ao Wi Fi proconjpcoqueiral e navegar na rede, sem precisar de nenhuma senha. “No caso da praça no bairro do Geisel, o Wi Fi é proconjpgeisel”, acrescentou Marcos Santos.

Praça da Paz

Marcos Santos informa que o projeto é uma parceria com a empresa Net, que disponibiliza o sinal para a praça, com 60 megas de conexão. “No mês de julho já estaremos contemplando dos frequentadores da Praça da Paz, nos Bancários, e vamos continuar ampliando cada vez mais esse serviço”.

 

Procon-JPmóvel

O atendimento itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) também vai estar nessa terça-feira, dia 14, na Praça do Coqueiral. O serviço realiza abertura de reclamação, recebe denúncias e presta orientação aos cidadãos sobre os direitos do consumidor.

O interessado em abrir uma reclamação através do Procon-JPmóvel deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

Audiências

O titular do Procon-JP adianta que as audiências de conciliação dos processos administrativos abertos durante a visita do Procon-JPmóvel nos bairros de Jaguaribe e Cruz das Armas, na semana passada, serão realizadas no próximo dia 7 de julho. “As audiências sempre ocorrerão às quintas-feiras, geralmente um mês após o atendimento junto ao consumidor”, salientou Marcos Santos.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Junho – das 09h às 13h

 

Dia 14 – Praça do Coqueiral – Mangabeira II

 

Dia 15 – Mandacaru (ponto final dos ônibus, próximo ao posto de polícia e ao PSF)

 

Dia 21 – Cristo Redentor (próximo ao Supermercado Bem Mais)

 

Dia 22 – Cristo Redentor ( próximo ao IML)

 

Dia 28 – Geisel (praça, em frente ao supermercado Superbox)

 

Dia 29 – Costa e Silva (trevo da entrada do bairro)

 

Dia 30 – Grotão (próximo à farmácia Michele)

 



12573717_10208959790936567_1003894958632987722_ndd

 

Evanice Gomes

Mais dois bairros serão contemplados com a visita do serviço itinerante da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) esta semana: Conjuntos Anaíde Beiriz (em frente ao Ginásio de Esportes) e Vieira Diniz (principal praça do residencial) na terça e quarta-feiras, respectivamente. Os consumidores serão atendidos no horário das 9h às 13h

O Procon-JPmóvel recebe as denúncias do consumidor, além de orientar a população do bairro sobre os direitos previstos na legislação consumerista. Para abrir uma reclamação deve-se levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor oferece outros canais de denúncias, a exemplo do aplicativo Procon-JP que pode ser acessado através do site proconjp.pb.gov.br. “O atendimento na sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, 473, e o telefone gratuito 0800 083 2015 também continuam a funcionar normalmente das 08h às 14h”, informou o secretário do Procon-JP, Marcos Santos.

O titular do Procon-JP acrescenta que o posto de atendimento na sede do Ministério Público Estadual, no Parque Solon de Lucena (Lagoa), nº 300, também dá orientações, recebe denúncias e abre processos administrativos. “O Sistema Nacional de Informações e Defesa do Consumidor (Sindec) permite que nos liguemos ao serviço itinerante e ao posto de atendimento na sede do MPPB, com todas as reclamações entrando direto no nosso banco de dados”.

Audiência virtual

O consumidor que abrir um processo administrativo no Procon-JPmóvel terá a audiência de conciliação realizada no mesmo local onde ocorreu a denúncia. Marcos Santos explica que a negociação ocorre simultaneamente no bairro, entre o advogado da Secretaria que representa o consumidor, e com a assistência do reclamado na sede do Procon-JP, através de reunião virtual.

 

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Maio – das 09h às 13h

 

Dia 24 – Conjunto Anaíde Beiriz (em frente ao Ginásio de Esportes)

Dia 25 – Conjunto Vieira Diniz (Praça principal do residencial)

Dia 31 – Bairro das Indústrias (Praça da Juventude)

 



movel

Evanice Gomes

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) dá andamento esta semana ao calendário de atendimento do serviço itinerante nos bairros João Pessoa. Nessa terça-feira, 17, a visita do Procon-JPmóvel será no bairro Mussumago; na quarta, 18, na Comunidade Irmã Dulce e, na quinta-feira, 19, no residencial Gervásio Maia, das 09h às 13h.

O Procon-JPmóvel visita os bairros da Capital recebendo denúncias e prestando orientação aos cidadãos sobre os direitos do consumidor. O interessado em abrir uma reclamação deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

Segundo o secretário do Procon-JP, Marcos Santos, o serviço itinerante é ligado diretamente ao Sistema Nacional de Informações e Defesa do Consumidor (Sindec) e as reclamações dos cidadãos que se tornarem processos administrativos serão analisadas pela Consultoria Jurídica da Secretaria, com as audiências de conciliação se realizando no próprio bairro.

“O Procon-JPmóvel oferece o serviço completo ao consumidor de João Pessoa, desde a abertura da reclamação até à audiência de conciliação. Quem for atendido no bairro terá sua audiência realizada no mesmo local, com a negociação ocorrendo simultaneamente com a representação do reclamado na sede da Secretaria através de reunião virtual”, esclareceu Marcos Santos.

Mais atendimento

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) recebe, também, denúncias pelo aplicativo Procon-JP que pode ser acessado através do site proconjp.pb.gov.br. O atendimento na sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, 473, continua a funcionar normalmente, e também através do telefone gratuito 0800 083 2015 das 08h às 14h, além do posto de atendimento no MPProcon, na sede do Ministério Público Estadual, no Parque Solon de Lucena (Lagoa), nº 300.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Maio – das 09h às 13h

 

Dia 17 – Mussumago (Avenida principal, nas imediações do cemitério da localidade)

Dia 18 – Irmã Dulce (entre o conjunto Irmã Dulce e o conjunto Colinas do Sul)

Dia 19 – Gervásio Maia (praça principal do residencial)

Dia 20 – Bessa – comunidade São Luiz, na Igreja Católica (extraordinariamente, o Procon-JPmóvel atenderá na sexta-feira, no horário das 08 às 13h, por se tratar de um evento de grande porte realizado pela associação em parceria com várias instituições)

Dia 24 – Conjunto Anaíde Beiriz (em frente ao Ginásio de Esportes)

Dia 25 – Conjunto Vieira Diniz (Praça principal do residencial)

Dia 31 – Bairro das Indústrias (Praça da Juventude)

 



movel

Evanice Gomes

O serviço móvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) divulga o calendário de atendimento nos bairros para maio. Este mês, o trabalho já é em parceria com as associações de moradores da Capital, iniciando a assistência nessa terça-feira, 10, no Mercado Público do bairro de Mangabeira, das 09h às 13h.

A partir deste mês de maio, o Procon-JPmóvel passa a atender três dias por semana, nas terças, quartas e quinta-feiras, no expediente da manhã, salvo exceções, a exemplo de ações comunitárias conjuntas com outras entidades ou secretarias do município de João Pessoa.

O agendamento do atendimento itinerante junto às associações de bairro se realizou através do cadastramento, na Secretaria, da Federação Paraibana do Movimento Comunitário, que congrega as associações em todo Estado, além de iniciativas das próprias associações que realizarão ações maiores e que envolvem outras atividades.

O secretário do Procon-JP, Marcos Santos, informa que o calendário para o mês de maio já está fechado e que as associações devem se adequar à agenda do Procon-JP para que não haja choque de dias. “Informamos as associações que elas podem até trazer um indicativo de data da visita do serviço móvel ao seu bairro, mas já sabendo que terá de se encaixar em nossa agenda de atendimento”.

Novas solicitações

O titular do Procon-JP salienta que “o calendário de atendimento para acolhimento das reclamações nos bairros já foi elaborado para maio e que a demanda que está chegando já fará parte da agenda para o mês de junho.

A parceria com as associações é importante porque o serviço disponibilizado no próprio bairro aproxima ainda o consumidor da Secretaria”, disse Marcos Santos.

Marcos Santos acrescenta que, além do atendimento para receber as reclamações do cidadão, o Procon-JPmóvel também vai prestar serviço de esclarecimento e orientação sobre os direitos do consumidor. “Quando estivermos fazendo a divulgação, seja através de carro de som ou de porta em porta, estaremos informando sobre a legislação que rege a relação de consumo”, disse o secretário do Procon-JP.

Ampliando o acesso

O presidente da Federação Paraibana do Movimento Comunitário, Upiraktan Santos, afirma que essa parceria com o Procon-JP é muito importante para o consumidor que tem dificuldade para se dirigir à sede da Secretaria no Centro da Capital, a exemplo da dona de casa que não tem com quem deixar os filhos, idosos e pessoas com problemas de locomoção.

Para ele, levar o Procon-JP até ao cidadão nos bairros mais distantes da sede da Secretaria é uma atitude louvável das gestões da Prefeitura Municipal de João Pessoa e do Procon-JP. “Com o serviço móvel, todos têm acesso ao atendimento disponibilizado pelo órgão de defesa do consumidor da Capital”, disse Upiraktan.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Maio – das 09h às 13h

 

Dia 10 – Mangabeira I (Mercado Público)

Dia 11 – Cidade Verde – Mangabeira (em frente à Escola Mestre Sivuca)

Dia 12 – Mangabeira II (Praça do Coqueiral – principal por dentro)

Dia 14 – Valentina de Figueiredo – Ação social da Fundação Bradesco na sede da escola (extraordinariamente, o Procon-JPmóvel atenderá nesse sábado, no horário das 10 às 16h, por se tratar de um evento de grande porte realizado anualmente pela Fundação)

Dia 17 – Mussumago (Avenida principal, nas imediações do cemitério da localidade)

Dia 18 – Irmã Dulce (entre o conjunto Irmã Dulce e o conjunto Colinas do Sul)

Dia 19 – Gervásio Maia (praça principal do residencial)

Dia 20 – Bessa – comunidade São Luiz, na Igreja Católica (extraordinariamente, o Procon-JPmóvel atenderá na sexta-feira, no horário das 08 às 13h, por se tratar de um evento de grande porte realizado pela associação em parceria com várias instituições)

Dia 24 – Conjunto Anaíde Beiriz (em frente ao Ginásio de Esportes)

Dia 25 – Conjunto Vieira Diniz (Praça principal do residencial)

Dia 31 – Bairro das Indústrias (Praça da Juventude)

 



movel

Evanice Gomes

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) está com agendamento aberto para as associações comunitárias que desejem levar o Procon-JPmóvel até o seu bairro. O cadastramento da entidade é feito na sede da Secretaria das 8h às 14h. O serviço itinerante estará atendendo nessa terça-feira, 26, no bairro dos Bancários, na Praça da Paz, das 13h às 17h.

O Procon-JPmóvel está entrando na segunda etapa do projeto, que é o agendamento das localidades através das associações comunitárias. “Vamos começar a trabalhar junto a essas representações da população levando o serviço móvel para acolher as reclamações do consumidor e prestar orientação aos cidadãos sobre os direitos previstos na legislação”, informou o secretário Marcos Santos

Ele adianta que a função das associações no projeto itinerante será a divulgação do serviço junto aos moradores do bairro, informando a data e horário do atendimento. O secretário salienta que essa parceria é boa para os dois lados porque vai alertar aos consumidores locais para um serviço disponibilizado mais perto de sua casa e para o Procon-JP, que não precisará realizar divulgação nos locais.

O cadastramento

A associação de bairro que deseje se cadastrar solicitando o serviço móvel deve se dirigir à sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, número 473, portando o estatuto da entidade e a documentação do responsável legal. “O processo é muito simples. Basta a comprovação da existência da associação e um responsável legal. No momento do cadastramento já disponibilizaremos o dia da visita ao bairro”, disse o titular do Procon-JP.

Procon-JPmóvel nos Bancários

O serviço itinerante atende nessa terça-feira, 26, na Praça da Paz, nos Bancários, das 13h às 17h. O interessado em abrir uma reclamação deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos.

 O Procon-JPmóvel atende sempre às terças e quintas-feiras no horário da tarde e, neste mês de abril, não realizou audiências de conciliação. “A partir de maio terão início as rodadas das audiências de conciliação nas quintas-feiras no bairro onde se originou a reclamação”, disse Marcos Santos.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 

Abril – das 13h às 17

 

dia 26 – Bairro dos Bancários (Praça da Paz)

dia 28 – Bairro Jardim Planalto – (Feira de Oitizeiro)

 



móvel1

Evanice Gomes

O Procon-JP está de volta ao bairro José Américo na tarde dessa quinta-feira, 31, para realizar as audiências das reclamações abertas quando de sua primeira visita. O serviço móvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor vai estacionar na Praça Rui Carneiro, nas proximidades do Centro Comunitário, mesmo local do primeiro atendimento.

As audiências de conciliação são realizadas simultaneamente no veículo e na sede da Secretaria, com o serviço ligado diretamente ao Sistema Nacional de Informações e Defesa do Consumidor (Sindec), o que possibilita que as audiências sejam também virtuais.

O secretário Helton Renê informa que os consultores jurídicos que estão no Procon-JPmóvel realizam as audiências de conciliação no bairro simultaneamente com a Secretaria. Ele explica que o atendimento ao consumidor é feito na comunidade onde foi atendido e o reclamado é atendido na sede do Procon-JP, na avenida Pedro I.

Aplicativo

Além do Procon-JPmóvel, o consumidor pode realizar suas denúncias através do aplicativo Procon-JP que pode ser acessado através do site proconjp.pb.gov.br. Helton Renê salienta que o aplicativo apenas recebe as denúncias e dá o encaminhamento necessário, a exemplo de fiscalização ao local demandado. “Reafirmo que para formalizar uma reclamação, o consumidor precisa vir à sede da Secretaria, na avenida D. Pedro I, 473, ou ir até ao Procon-JPmóvel”.

Calendário de audiências do Procon-JPmóvel

 

Março – das 13h às 17

dia 31Bairro José Américo (Praça Rui Carneiro – próximo ao Centro Comunitário)

 



12654199_10209021567760949_1321356648389159656_ndff

Evanice Gomes

O Procon-JPmóvel da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) vai estar nessa terça-feira, 29 de março, das 13h às 17h, no Cidade Verde, em Mangabeira. O serviço itinerante realiza o terceiro atendimento no bairro neste mês, já tendo assistido aos consumidores na Praça do Coqueiral e no Mercado Público.

O Procon-JPmóvel visita os bairros de João Pessoa duas vezes por semana, com as terças-feiras reservadas para o acolhimento de reclamação e às quintas-feiras para realizar as audiências de conciliação oriundas das aberturas de reclamação. O expediente do serviço é sempre à tarde, horário oposto ao realizado na sede da Secretaria na avenida Pedro I, número 473.

O secretário do Procon-JP, Helton Renê, informa que, além de receber as reclamações, o serviço itinerante presta orientação aos consumidores sobre os direitos previstos em legislação específica. “Relembramos aos cidadãos que quem pretende formalizar uma reclamação deve levar originais e cópias do CPF, identidade, comprovante de residência e a documentação referente ao bem ou serviço reclamado, como nota fiscal e contratos”, disse Helton Renê.

O serviço móvel está ligado ao Sistema Nacional de Informações e Defesa do Consumidor (Sindec) instalado na sede da Secretaria, o que permite a conexão com o veículo para que se abram os processos administrativos onde ele estiver estacionado, como também poder realizar as audiências virtualmente”.

Calendário de atendimento do Procon-JPmóvel

 Março – das 13h às 17

dia 29 – Cidade Verde (Mangabeira, praça próxima ao PSF)

 Abril – das 13h às 17h

dia 05 – Bairro do Cristo (Próximo ao Colégio José Lins do Rego)





©2015 | PROCON JP | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Rodolfo Abrantes

Avenida Dom Pedro I, nº 473, Centro , João Pessoa – PB. CEP: 58013-020. Central Telefônica - +55 (83) 3214-3040 - SAC: 0800 083 2015